Regras e curiosidades sobre estudo e trabalho.

Viajar para outro pais além de te colocar em contato com uma nova língua e outra cultura também te possibilita a ter uma experiência de trabalho no exterior. Descubra mais sobre os países que oferece opções de trabalho, tendo contrato um programa de curso de idiomas.

Irlanda, Austrália e Nova Zelândia são os principais destinos que permitem que o programa de estudo e trabalho seja uma opção para os intercambistas desejam sair da sua zona de conforto.

A Irlanda é conhecida por ser um pais que vem se destacando pela sua característica hospitaleira, simpática e acolhedora, porque mudar não é uma decisão fácil, causa medo e insegurança.
Mas para fazer estudo e trabalho na Irlanda existem algumas regras, é obrigatório ter um seguro governamental e declarar 3 mil euros em conta para comprovar que você possui condições de se sustentar e logo depois trabalhar. Precisa ter o passaporte valido e estar matriculado em um curso de no mínimo 25 semanas, que equivalem a 8 meses (6 de estudo e trabalho 2 de férias) e vale ressaltar que o estudante só pode trabalhar até 20 horas a cada semana durante as aulas.

Já na Austrália que possui uma qualidade de vida excelente e aparece frequentemente na lista dos países que possuem segurança e bem-estar para se viver.
A terra do canguru só permite que o estudante trabalhe quando o visto não for emitido com mais de 3 meses de antecedência, e o mínimo se semanas que eles solicitam é de 16 semanas, que significa mais ou menos 5 a 6 meses, por que eles oferecem 1 mês de férias para o estudante, podendo trabalhar apenas 20 horas semanais.
Uma Informação muito importante, é necessário que o estudante declare todo mês que ficar no pais um valor de 1.691 dólares australianos e o pais exige que você tenha obrigatoriamente um seguro chamado OSHC.

Por fim a Nova Zelândia, apesar de ser pequeno o pais permite que o estudante conheça cenários distintos, como neve, praia, montanha e os temidos vulcões.
A regra básica é ter o mínimo de 14 semanas e sendo possível trabalhar 20 horas semanais. Você também pode optar por cursos de mais de 12 meses que permitem trabalho em tempo integral. Lembrando sempre que é necessário ter um visto de estudante e uma comprovação financeira.

Se você curtiu algum desses destinos, acessa nossas redes sociais e entre em contato um consultor para tirar todas as dúvidas. Não perca a oportunidade de estudar e trabalhar, ganhe sua independência.

Fonte: WA Intercâmbio

Chat Whatsapp