Sete dicas para aproveitar o intercâmbio na carreira

Domínio do idioma é apenas um dos benefícios para o currículo de quem passa um tempo fora do Brasil.

A cada ano cresce o número de pessoas que buscam fazer intercâmbio com a finalidade de morar um tempo no exterior, seja para melhorar o idioma ou a qualificação em determinadas áreas. O candidato que teve a oportunidade de morar fora do país demonstra que tem domínio de uma língua estrangeira.
No atual cenário de contratações, a fluência, principalmente do inglês, é pré-requisito para muito cargos em grandes empresas e o conhecimento de um segundo idioma é um forte diferencial.
Além disso, os departamentos de recrutamento sabem do desafio e dificuldades enfrentados por aqueles que optaram por morar fora durante um tempo, trabalhando ou fazendo algum curso. O candidato que passou por este tipo de experiência certamente precisou ter jogo de cintura e criatividade para solucionar eventuais problemas do cotidiano.

Este tipo de comportamento é entendido pelo recrutador como sinônimo de maturidade e resiliência, duas característica desejáveis para um profissional em qualquer área de trabalho. Por isso, organizamos sete dicas que vão te ajudar a se preparar para essa que pode ser uma das viagens mais esperadas e desejadas na vida.

Dicas para tirar o melhor proveito do intercâmbio

1. Defina a hospedagem antes de sair do Brasil
Antes de qualquer viagem é fundamental pesquisar muito bem o local da hospedagem. No caso do intercâmbio, viagem para estágio e similares isso se torna ainda mais importante, já que a estadia na cidade é por um período maior. Vale a pena verificar se algum familiar ou amigo mora no novo país por exemplo, reduzindo assim os custos e ficando em um local de confiança.

2. Economia com alimentação
Por se tratar de uma necessidade, a alimentação pode pesar muito no bolso, mas não precisa ser assim O ideal é pesquisar bem os pontos de alimentação e comer nos mesmos lugares em que quem mora.

3. Baixa temporada
Se possível, opte por viajar fora da alta temporada de turismo no país, afinal esse fator aumenta drasticamente os gastos que serão investidos durante a sua estadia. É interessante também buscar países fora do senso comum, que possuem uma demanda menor de estudantes, afinal geralmente países menos procurados oferecem menores preços.

4. Estágio + intercâmbio
Alguns países oferecem a opção para o aluno estagiar durante o intercâmbio, ajudando nos gastos gerais além de iniciar a carreira fora do país. Esse é um dos motivos que tornam a Irlanda, por exemplo, tão atraente para pessoas do mundo todo.

5. Descontos e gratuidades
Fique atento às gratuidades em atrações locais, além de verificar os descontos especiais para estudantes como meia entrada em eventos ou cinemas, e é claro, passagem gratuita em transporte público oferecidos por algumas cidades.

6. Pacotes
Após definir o destino e hospedagem, é interessante pesquisar e estudar aos pacotes oferecidos por empresas especializadas em intercâmbio.

7. Finanças pessoais
Além de prepara a viagem é importante ter em mente a necessidade de organizar as finanças pessoais. Levar um cartão pré-pago de viagem pode ser uma ótima opção. Para isso, é importante ter alguém responsável por enviar o dinheiro para o exterior durante a viagem.

Fonte: www.bemparana.com.br

Chat Whatsapp